A base de tudo é o bom e velho relacionamento…

Certa vez, um grupo de professores realizou uma pesquisa com dois mil empresários, pedindo a eles que identificassem as últimas três pessoas que dispensaram e por que razão. Aqueles professores descobriram que, em dois dos três casos, os funcionários perderam o emprego porque não conseguiam conviver com os outros.

Isso vem acontecendo todos os dias em muitas organizações que eu conheço. Por isso, fiquei pensando em alguma estratégia para ajudar a melhorar essa realidade. Um dia quando li estas frases pensei: “É isso!” Essas dicas podem ser afixadas nos murais das empresas ou serem trabalhadas exaustivamente pelo pessoal de treinamento como um “manual” de boas-maneiras. São elas:

  • Se você tiver um problema comigo, procure-me (em particular).
  • Se eu tiver um problema com você, o procurarei (em particular).
  • Se alguém tem um problema comigo, mas procura você, mande-o conversar comigo (farei a mesma coisa, se for preciso).
  • Se alguma coisa é confidencial, não conte. Se você ou qualquer outra pessoa me procura em particular, confiando em mim, não contarei a ninguém a não ser que: a) A pessoa corra risco de se ferir; b) Corra risco de ferir outras pessoas. Espero o mesmo de você.
  • Não manipulo ninguém, nem serei manipulado, não permita que o manipulem, nem que tentem manipular-me através de você.

Prof. Menegatti é palestrante nas áreas de Vendas, Motivação, Liderança e Inovação. É autor de vários livros e DVDs, entre eles estão o livro “Talento – É fazer coisas comuns de forma extraordinária” e o DVD “Campeão de Vendas”.
Fonte: Falando de Gestão
Foto: Geralt/ Divulgação

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp
Share on telegram