Como se candidatar para um novo emprego na mesma empresa

Se você está na mesma empresa há muito tempo e gosta do seu trabalho, pode estar se perguntando por que mudar?!  Existem diversos motivos que podem servir de incentivo para dar o próximo passo e se candidatar para uma vaga oferecida em sua própria empresa.

Talvez o maior motivo não seja o salário, mas a motivação de aprender novas responsabilidades e habilidades que podem servir como impulso para mudar qualquer rotina que você possa ter em sua posição atual. A vantagem de quem já faz parte do quadro da empresa é um fator de segurança que outra empresa não possui:

“Permanecendo em sua empresa, mesmo em outro departamento, o colaborador continuará a ver seus colegas e não sairá completamente da sua zona de conforto. O  tempo de adaptação ao novo cargo certamente será menor, pois a pessoa já conhecerá os processos gerais e não precisará se familiarizar com eles. É uma grande vantagem” lembra Eliane Catalano, Coordenadora de Recrutamento e Seleção da RH NOSSA.

Trabalhar na empresa é garantia?
Não devemos confundir. Estar trabalhando na empresa não garante que o candidato consiga essa posição. Provavelmente terá que competir com outros colegas e com candidatos externos.

Para Catalano, o postulante ao cargo, mesmo que esteja há anos na empresa, precisa levar o processo de entrevista a sério. Saber quem vai entrevistá-lo e o ambiente de trabalho pode torná-lo excessivamente confiante e, a longo prazo, pode trabalhar contra. Preparar-se para a entrevista como se fosse externa é uma excelente dica e deve começar com a adaptação do CV ao cargo, criar portfólio de exemplos do que foi feito e, pensando na preparação da entrevista, é importante mostrar que conhece a empresa e destacar suas habilidades e desempenho no trabalho.

Comunique a sua intenção
Conversar com funcionários que já ocupam o cargo desejado e descobrir o que eles pensam do trabalho ajudam nesta etapa, mas sem descuidar da atual função. Informar o supervisor sobre a decisão de se candidatar a uma vaga precisa ser uma das primeiras ações do candidato:

É sempre melhor ir com a verdade à frente e dizer ao superior sobre o interesse em outro cargo e as razões pelas quais está fazendo isso. O gestor poderá, inclusive, recomendar ou escrever uma carta de recomendação. Contar com este apoio  ajudará bastante a conseguir o emprego desejado.”

Não perca o foco
Embora possa ser desafiador quando o candidato está animado para mudar de função, é importante tentar permanecer positivo e não negligenciar sua posição atual: “Manter o bom trabalho e enfatizar que não vai descuidar de suas responsabilidades mostrará profissionalismo”

E se a vaga não vier?
É importante que o candidato não se sinta mal por não conseguir a vaga. Catalano explica que pode ter havido outros candidatos, internos ou externos, que se encaixam melhor no cargo. Neste momento, é importante aproveitar esta proximidade com a empresa para pedir a opinião das pessoas do processo de seleção e encarar como uma oportunidade para continuar melhorando:

“Quem realizou o processo seletivo ajudará a descobrir como melhorar para futuras concorrências. De qualquer forma, serve para tirar o melhor da experiência e encarar como mais um passo na carreira” finaliza.

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp
Share on telegram
Checking...