COVID-19 afetou o mercado formal de trabalho no Paraná, mas há sinais de recuperação…

Foi divulgado pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) como está o trabalho formal no Paraná neste desafiador ano de 2020 e a RH NOSSA está atenta ao que está acontecendo. Por um lado, tivemos uma retração histórica no primeiro semestre deste ano, conforme dados divulgados pelo Ministério da Economia, apontando 47.070 postos de trabalho fechados. Na matemática fria temos 541 mil admissões e 588 mil desligamentos entre janeiro e junho, o pior cenário desde 2003. Sim, a pandemia afetou muitos destes postos de trabalho, porém ainda tem uma esperança…

O mês de junho registrou pela primeira vez, desde fevereiro,  um saldo positivo na criação de empregos. Estamos falando de 2.829 postos de trabalho, muitos até da RH NOSSA, com aumento das admissões (27,90%) e redução das demissões (-14,31%) na comparação com maio.

O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) também fez a sua análise apontando que este junho mostrou uma tendência de que a atividade econômica começa a mostrar sinais de recuperação passados quatro meses de pandemia – com destaque positivo para construção (7.400 novos postos de trabalho) e agropecuária (2.654). Se olharmos apenas junho temos que construção civil criou 1.828 psotos de trabalho e a indústria, que também mostra mais fôlego, chegou em 1.599 novos postos de trabalho.

Confira a evolução do mercado formal no Paraná até agora

Janeiro
Admissões: 116.018
Desligamentos: 98.159
Saldo: 17.859

Fevereiro
Admissões: 134.004
Desligamentos: 105.223
Saldo: 28.781

Março
Admissões: 112.703
Desligamentos: 125.781
Saldo: -13.078

Abril
Admissões: 48.666
Desligamentos: 107.406
Saldo: -58.740

Maio
Admissões: 56.897
Desligamentos: 81.618
Saldo: -24.721

Junho
Admissões: 72.771
Desligamentos: 69.942
Saldo: 2.829

De todos os grupos profissionais com maior saldo entre admissões e desligamentos, o destaque vai para trabalhadores da fabricação de alimentos, bebidas e fumo (4.697), técnico de nível médio das ciências biológicas, bioquímicas, da saúde e afins (1.126) e profissionais das ciências biológicas, da saúde e afins (1.063).

Acompanhe a RH NOSSA para ficar por dentro de como está o mercado de trabalho. Pode ser pelo Facebook ou Instagram!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp
Share on telegram