Emprego formal bate recorde no Estado do Paraná

Um novo recorde no emprego! As 40.022 vagas formais de emprego geradas no Paraná neste primeiro semestre mostram o quanto o mercado está aquecido! Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e foram  divulgados nesta quinta-feira pelo Ministério da Economia. Na liderança estão os setores de serviços e da construção civil.

Essas novas vagas são uma variação positiva de 1,54% em relação ao mesmo período de 2018 e corresponde a 629.437 admissões e 589.415 desligamentos. Até agora, no consolidado do ano, o Paraná aparece em terceiro lugar no número absoluto de contratações e na quarta posição no saldo total de vagas de trabalho – atrás apenas dos estados de  São Paulo (151.722), Minas Gerais (88.238) e Santa Catarina (49.895).

Setores mais se destacaram!
– Serviços (25.061 vagas)
– Construção civil (7.320)
– Indústria de transformação (5.996).

O único recuo sentido na pesquisa foi no setor extrativista mineral,  com redução de 71 postos de trabalho.

 

Curitiba lidera o ranking da geração de empregos no acumulado do ano, com 12.883 postos, seguido por Maringá (3.873), Cascavel (1.988), Pato Branco (1.925), São José dos Pinhais (1.479), Colombo (1.097), Londrina (1.094) e Rio Negro (1.033) – lembrando que o Brasil abriu 48.436 vagas de emprego com carteira assinada em junho, o que representa o melhor saldo em seis anos. No acumulado do primeiro semestre, o País registrou a criação de 408.500 vagas com carteira.

Quem conseguiu um novo trabalho, vale dar uma lida em nossa matéria sobre como impressionar o novo chefe! A leitura não passa de cinco minutos e tem dicas valiosas!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp
Share on telegram