IA garante mobilização de colaboradores assertiva em empresas com rapidez e economia

Muitas empresas estão abrindo novos postos de trabalho em decorrência da retomada da economia, mas quais são as chances de encontrar o colaborador alinhado perfeitamente com o novo cargo? Depende do processo de busca, ainda mais se considerarmos que o volume de candidatos cresceu muito desde que as vagas começaram a “bombar” na internet, atraindo um número sem precedentes de candidatos.
O desafio a partir de então passou a ser filtrar todos esses candidatos. Para Karina Pelanda, Coordenadora de Recrutamento e Seleção da RH NOSSA, o uso de Inteligência Artificial (IA) tem desempenhado um papel relevante como ferramenta para encontrar a pessoa certa com a inteligência humana:
“É impossível realizar esse processo com todos os candidatos sem esse auxílio. Antigamente, claro, chegavam muitos candidatos, mas com a internet divulgando as vagas houve um salto de centenas de milhares de pessoas tentando a mesma oportunidade e com perfis bastante semelhantes”.

Tecnologia não escolhe candidatos: ajuda a selecionar

Ao contrário do que se imagina, os sistemas de inteligência artificial não fazem o trabalho de recrutamento e seleção, mas criam filtros com parâmetros pré-definidos que filtram o volume total de candidatos até chegar em quem realmente preenche o perfil:

“A tecnologia mudou para melhor todo o processo, mas o toque humano sempre estará presente. Uma empresa pode confiar nessa simbiose entre IA e profissionais de recrutamento para encontrar quem exatamente ocupará a vaga dentro do que está sendo procurado”.

Menos tempo na procura agiliza processos
Karina explica que as principais empresas de recrutamento e seleção adotaram a tendência, claro, cada uma com sua própria ferramenta. Empresas economizam no custo, no tempo de procura e ganham na assertividade da seleção.
Se antes o processo de filtrar e entrevistar candidatos levava semanas, agora o processo está muito mais simplificado. As empresas conseguem o seu colaborador rapidamente. Karina reforça que estes novos escolhidos chegam bem alinhados com a vaga, uma vez que o sistema cria e mantém um banco de talentos enorme e atualizado no sistema:
“A mobilização é muito mais rápida, com maior diversidade de candidatos. Para recrutadores, ficou mais fácil encontrar e identificar exatamente os profissionais para cada função com margem de erro próxima de zero, para os candidatos também é melhor porque suas habilidades são valorizadas na busca e para a empresa o combo de vantagens vai desde o custo, passando pelo tempo e terminando com a assertividade” completa Karina.
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp
Share on telegram
Verificando...