Pandemia no trabalho? 03 detalhes que farão a diferença na entrevistas de emprego

O Covid-19 segue trazendo novos desafios no recrutamento e seleção. Se com o isolamento social, não é mais possível ir pessoalmente fazer a entrevista, você que está lendo este texto precisa se destacar nas chamadas online. Como fazer isso?  A RH NOSSA vai explicar direitinho para que você não passe vergonha! 


01 – Novo ambiente
As entrevistas, como todos sabem, já estão acontecendo de modo virtual – portanto, muita gente está abusando e fazendo em diferentes cômodos da casa! É normal aparecer outros familiares e até mesmo pets passando perto ou fazendo barulho! Peça, no momento da entrevista, que todos evitem ficar passando na frente da câmera. Se possível, que segurem os animais em alguma outra parte da casa para evitar distrações.

Escolha a sala de estar (preferencialmente)  e cuide da questões como iluminação, conectividade, qualidade de áudio, ruído ambiente e o que aparece no fundo. Fique de olho no ângulo do vídeo, pois estes cuidados também contam e farão parte da avaliação. Lembre-se de que é bem provável que você use a tecnologia de vídeo regularmente para se comunicar na nova função, então mostre que o espaço está preparado na medida do possível

ALIÁS, UM BLOG PODE AJUDAR NO PROCESSO DE SELEÇÃO! DÁ UMA LIDA AQUI!

02 – E a pandemia?
Recrutadores e empregadores querem saber como está o seu emocional, portanto esteja preparado para responder sobre como está a sua adaptação nesta nova vida durante a pandemia e sobre como está lidando com o trabalho durante a Covid-19. O que eles querem saber, mais do que como está seu emocional, é também relacionado com a capacidade de adaptação, seu estilo de liderança, criatividade e adaptabilidade em uma crise. durante uma crise. 

Fale sobre novos projetos durante este período, descreva as novas competências desenvolvidas, apresente cursos online (se tiver feito, claro, caso contrário comece agora mesmo) e fale sobre como a sua casa e todos os que aí habitam se organizaram. Ah, e crie empatia perguntando como está a empresa e o entrevistador – isso conta muito e demonstra interesse. 

03 – Pratique antes e sempre em voz alta
Os recrutadores percebem quem está preparado e quem está nervoso. Vamos combinar que todos temos tempo para treinar em casa agora, portanto  pense nas perguntas que podem ser feitas e como você seria adequado responder praticando em voz alta. Fique atento com a tonalidade da voz, o modo como vai falar e a velocidade na resposta. Vai ser online, portanto dá para praticar tranquilamente! Uma dica legal? Chame um amigo ou amiga online e peça para que esta pessoa ” te entreviste” ou, em último caso, use um espelho. Acredite, vai fazer muita diferença!

 

Siga a RH NOSSA no Facebook e no Instagram agora mesmo para saber mais dicas bacanas e boa sorte!   

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp
Share on telegram